Começou o Nordestão: as Olímpíadas das escolas salesianas

13501867_625238100977361_3131444190762230416_nEntre os dias 27 de junho e 01 de julho mais de 1000 estudantes atletas das escolas salesianas da região nordeste do Brasil participam da a 31ª edição do Nordestão Salesiano. O evento este ano acontece em Recife e se destaca por promover a integração entre os alunos, incentivando, assim, o esporte e a solidariedade, além de revelar talentos. Os três colégios Salesianos da cidade – Sagrado Coração, Auxiliadora e Madre Mazzarello – sediam as
competições, juntamente com algumas outras entidades parceiras. Estão inscritas 15 escolas do Polo da Rede Salesiana de Escolas da região, além do Centro Educacional Dom Bosco, obra social salesiana localizada em Gramoré – Natal.
O tema este ano, inspirado na Estreia do Reitor-Mor, é: “Na vida, como no esporte, uma força brota e o espírito une”.

O Nordestão Salesiano é uma ação conjunta dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora e recebeu o apoio da Rede Salesiana Brasil para sua realização.

A cerimônia de abertura foi realizada na noite do dia 27, na Basílica Salesiana do Sagrado Coração e contou com a celebração eucarística presidida pelo Inspetor, P. Nivaldo Pessinatti e a presença de todos diretores e diretoras das escolas participantes. Logo após a missa, ainda na Basílica, foram exibidos os vídeos com as palavras do Reitor-Mor, P. Angel Fernandez e da Madre Yvonne Reungoat, gravados especificamente para o evento. A solenidade foi encerrada com momento cívico, a entrada da Bandeira Nacional e municipal, o canto do hino nacional e o acendimento do fogo simbolizando o espírito olímpico.

Logo cedo na manhã do dia 28 se iniciaram as competições. As modalidad13567024_625554010945770_8783241853377534611_nes incluídas nesta edição do Nordestão são: Handebol, Basquetebol, Futsal, Voleibol, Voleibol de praia, Xadrez, Ginastica Rítmica, Judô, Maratona Cultural e BadMinton.
Na tarde do dia 30 está planejado um momento chamado Pátio Cultural. Inspirado na pedagogia salesiana, a proposta é de fraternidade, alegria e intercâmbio cultural entre os participantes, promovendo uma oportunidade de que cada um conheça um pouco da cultura e particularidades das 8 cidades e 5 estados onde estão situadas as 16 instituições participantes.

 

O evento tem site e página no Facebook, boletims oficiais dos resultados, fotos e vídeos de toda cobertura:

Acompanhe:
https://www.facebook.com/nordestaosalesiano/

http://nordestaosalesiano.com.br/

Anúncios

Nordestão: Começa hoje as Olimpíadas das escolas salesianas

Entre os dias 27 de junho e 01 de julho acontece em Recife (PE) a 31ª edição do Nordestão Salesiano. O evento esportivo reúne estudantes de instituições salesianas e se destaca por promover a integração entre os alunos, incentivando, assim, o esporte e a solidariedade, além de revelar talentos. Os três colégios Salesianos da cidade – Sagrado Coração, Auxiliadora e Madre Mazzarello – sediam as competições, juntamente com algumas outras entidades parceiras. Estão inscritas 15 escolas do Polo da Rede Salesiana de Escolas da região, além do Centro Educacional Dom Bosco, obra social salesiana localizada em Gramoré – Natal. É estimada a participação média 1000 estudantes.
O tema este ano, inspirado na Estreia do Reitor-Mor, é: “Na vida, como no esporte, uma força brota e o espírito une”.

fb_img_1464769341440.jpg
O evento recebeu o apoio da Rede Salesiana Brasil 


As modalidades incluídas nas competições este ano são: Handebol, Basquetebol, Futsal, Voleibol, Voleibol de praia, Xadrez, Ginastica Rítmica, Judô, Maratona Cultural e BadMinton.


Este é o maior evento esportivo promovido pela Rede Salesiana de Escolas no Brasil.

A abertura começa às 19 horas, na Basílica do Sagrado Coração de Jesus (Colégio Salesiano Recifge) e contará com transmissão ao vivo de alguns momentos. Acompanhe:
https://www.facebook.com/nordestaosalesiano/

http://nordestaosalesiano.com.br/

Salvador: Colégio realiza XXXIII Jogos Olímpicos

Jogos Internos 2Para promover o desenvolvimento dos valores olímpicos na escola, o Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré), realiza XXXIII Jogos Internos. Excelência, amizade, solidariedade, respeito com o diferente são alguns valores fomentados durante o evento. A abertura aconteceu às 9h40mim, na segunda-feira (23/05), com direito a pira e fogo olímpico, desfile das equipes e do mascote, líderes de torcida, estandarte, juramento e até uma participação especial de algumas crianças da educação infantil. Os jogos ocorreram entre 23 e 28 de maio, nos dois períodos do dia. Oito modalidades olímpicas (basquete, handebol, Ginástica Rítmica (GR), tênis de mesa, Judô, natação, atletismo e vôlei) e outras quatros não olímpicas (futsal, baleado, dança e maratona cultural) fazem parte das competições. O tema deste ano faz referência ao XXXI Jogos Olímpicos da era moderna que acontecerá no Rio de Janeiro-RJ, em julho. A Novidade deste ano fica por conta do salto em distância, modalidade do atletismo, inserida pela primeira vez nos jogos.13322073_1126040967417284_1387767208925974250_n

Como a escola é o lugar onde se favorecem o aparecimento de grandes talentos, em todas as áreas, e no desporto também, existem atletas que são acompanhados pelas respectivas seleções brasileiras já em vista das Olimpíadas de 2020, em Tóquio-Japão. Pesquisas indicam que as Olimpíadas do Brasil em 2016 devem fomentar o sucesso esportivo a longo prazo, em todo o país, sobretudo, para resultados significativos em Tóquio, no ano de 2020. Claro, que isso implica em investimentos nas divisões de base e de talentos advindos de colégios como o Salesiano que incentivam e apoiam com suporte, instalações esportivas e presença em competições locais, nacionais e internacionais. Cinco estudantes do Colégio Salesiano do Salvador (Nazaré) fazem parte da lista de indicados ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB). São eles Brunelli Cardoso, Rafael Carvalho, Guilherme Neves e João Victor Barreto dos Santos ambos na natação e a judoca, Cecilia Roriz. Além dos demais estudantes da unidade Paralela.

Por: Gigliola Sena

Parnamirim: Salesiano realiza seus jogos interclasses

content_batch_20160519_114333

O Salesiano Dom Bosco realiza entre os dias 19 de maio  e 02 de junho a sétima edição dos Jogos Interclasses Salesiano – JIS. A abertura oficial aconteceu no ginásio da instituição e contou com a participação de alunos-atletas e educadores.

Após o desfile das equipes que participarão do evento e execução do hino nacional, padre Délio, diretor de pastoral realizou o momento oracional e oficializou a abertura dos Jogos. O juramento do atleta ficou sob responsabilidade do educando Gabriel Navarro (9º ano EF).

Um dos momentos mais empolgantes aconteceu durante a corrida do fogo simbólico comandada pelos alunos Jéssika Azevedo (8º ano EF) e Vinícius Medeiros (3ª série EM), que foram bastante aplaudidos.

Uma apresentação artística envolvendo a dança e o teatro encerrou a solenidade de abertura do JIS.

 

Coordenação de Comunicação

Colégio Salesiano Dom Bosco/ Parnamirim-RN

Valor do Esporte na Educação Salesiana

Como Salesianos, educadores e evangelizadores de jovens, somos filhos e herdeiros de um educador que soube valorizar bastante o esporte como um instrumento de educação.
Dom Bosco deixou escrito no seu Sistema Preventivo: “Dê-se ampla liberdade de correr, pular e gritar, à vontade. Os exercícios ginásticos e desportivos, a música, a declamação, o teatro, os passeios, são meios eficacíssimos para se alcançar a disciplina, favorecer a moralidade e conservar a saúde”. E, citando São Filipe Néri, acrescentava: “fazei quanto quiserdes, a mim me basta não cometais pecados”.
A partir dessas idéias de Dom Bosco, vemos com clareza algumas vantagens educativas que derivam das atividades esportivas.
Daí se deduz a importância que Dom Bosco dava, na sua ação educativa. Ao pátio como espaço privilegiado de educação; como espaço de convivência amiga e descontraída dos educadores e educandos; como espaço oportuno para uma “palavrinha no ouvido”.
Dom Bosco, educador sensível às necessidades dos jovens, estava persuadido do valor do tempo livre na educação. Os passeios animados, o teatro, as festas, a banda de música, os brinquedos alegres e variados faziam parte do se calendário de trabalho na vida do Oratório. Compreendeu e soube valorizar o jogo e o divertimento na vida do jovem.
Dotado de qualidades físicas surpreendentes, não só promovia, mas tomava parte ativa nos jogos, nas brincadeiras e nas movimentadas partidas dos meninos. Nos animados recreios, “Dom Bosco era o rei da festa” (Durand Wirth).
Para Dom Bosco, é importante a participação do educador nos jogos dos educandos. Diferentemente da mentalidade comum da época, a visão educativa de Dom Bosco, o educador que se mistura, jogando com os educandos, não perde o seu prestígio nem a sua dignidade. Antes, pelo contrário, nasce entre os dois (educador e educando) uma espécie de corrente elétrica pela qual nasce e cresce, além do respeito, a estima e o afeto. Cria-se uma relação educativa.
Daí a valorização que Dom Bosco dava às recreações animadas e bem participadas. Ele mesmo costumava ser a alma dinamizadora dos recreios. Participava dos jogos dos meninos e até desafiava nas corridas.
Todo adolescente gosta de esporte. Inclusive, é uma necessidade biológica para o crescimento harmônico da sua personalidade.

Destaco e ofereço alguns valores vividos na prática das atividades esportivas que podem ser trabalhadas educativamente pelos educadores com seus educandos

1.    O esporte ensina e incute no atleta um forte estímulo ao esforço pessoal, ao empenho, à força de vontade, à dedicação, à constância, ao compromisso, à responsabilidade, à capacidade de lutar para superar os seus limites.
2.    O esporte alimenta e robustece o espírito de equipe, de ação conjunta, a distribuição de responsabilidades, superando todo egoísmo.
3.    O esporte entretém, espalha alegria, cria confiança e ajuda na construção do equilíbrio.
4.    O esporte auxilia na formação do auto-domínio físico e psíquico, no auto-controle emocional do atleta e na disciplina pessoal e grupal.
5.    O esporte semeia entre os atletas um intenso espírito de união, de camaradagem, de ajuda recíproca, de solidariedade.
6.    O esporte infunde nos atletas a capacidade de respeitar os colegas, incentiva a valorização do outro e estimula o cultivo da amizade.
7.    O esporte contém em si um fascínio especial capaz de atrair e envolver um grande número de pessoas. Basta pensar no futebol, o “esporte das multidões”.
8.    O esporte, na visão de Dom Bosco, é um meio fabuloso de distensão e de formação física e moral na vida dos jovens.
9.    Recordo o Velho Padre Jorge, nosso professor de francês no Colégio Salesiano Sagrado Coração, Recife. Da sua janela, na enfermaria, se deleitava em apreciar os meninos jogando alegremente no pátio e dizia: “Quem inventou o futebol deveria ser canonizado”. O leitor poderá tirar e ampliar suas conclusões.
10.    Dom Bosco nos aponta o grande valor do esporte: ser um método fácil para se alcançar a santidade. Um dia, no Oratório de São Luís, Turim, Dom Bosco, falando para os oratorianos, disse: “gosto que se divirtam, brinquem, estejam alegres; este é um método para se santificarem, como São Luís”.

Pe. Benevides Gurgel (In Memorian)

Escrito em maio de 2010